Jihad 2.0

imageNão é nenhuma grande obra literária e em alguns momentos os diálogos incomodam, mas nenhum livro me impactou tanto assim nos últimos tempos.

Daqueles que você termina de ler e fica pensando “é mentira isso, né? Ficção. Tudo inventado. Historinha. Só imaginação.” Mas você sabe que não é.

A história principal é o relato de uma jornalista francesa que, com um perfil falso, primeiro no fb e depois por Skype, entra em contato com um membro do estado islâmico, que tenta recrutá-la e a pede em casamento, preparando seu jihad para a Síria. Ela dá corda e entra na personagem para obter informações e escrever uma matéria. A história de fundo é a de centenas (milhares?) de jovens do mundo todo que, recrutados pela internet, abandonam sua vida, família, tudo, para se juntar ao EI. Caso se arrependam, não tem como escapar. Caso se arrependam e consigam escapar, serão sempre, ao voltar pra casa, terroristas potenciais, vigiados, interrogados, presos.

E embora seja uma história conhecida, eu nunca tinha me dedicado a ler mais sobre o assunto, sempre tudo muito por alto. Me senti tão, tão pequena. Pensando nessas meninas e meninos. Jovens, adolescentes, alguns quase crianças. Mal fechei o livro, fui pro Google perder meu sono. É inevitável. Recomendo e aceito sugestões de textos sobre o assunto em português.

Anúncios

3 comentários sobre “Jihad 2.0

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s